| Página Inicial | O Site | Estatística | Contato Terça, 23 de Janeiro de 2018
 
 
Menu
Cidade
Cultura
Educação
Esporte
Gastronomia
Geral
Nacional
Saúde
Segurança
Trãnsito
Transporte
 
 
Notícias > Saúde Inserida em 19/02/2016 - 13:07:48
Compartilhe Facebook
Mulher de 47 anos é internada com suspeita de gripe H1N1 em Limeira
Vítima deu entrada em hospital na segunda-feira (15) com febres e dores. Prefeitura afirmou que aguarda resultados dos exames do Adolfo Lutz.
 
Reprodução/EPTV
Limeira registrou cinco mortes por H1N1 em 2013
 

Uma moradora de Limeira (SP), de 47 anos, foi internada com suspeita de ter contraído a gripe H1N1. A Prefeitura da cidade afirmou, nesta quinta-feira (18), que aguarda os resultados dos exames do Instituto Adolfo Lutz. A mulher deu entrada no Hospital da Unimed com febres e dores no corpo na segunda-feira (15) e permanece na unidade de saúde.

De acordo com a Prefeitura, os sintomas apresentados pela mulher, quando ela procurou o atendimento no hospital, eram semelhantes a de uma gripe comum. Após exames feitos na unidade de saúde, a suspeita do vírus foi apontada e as amostras foram encaminhadas ao Instituto Adolfo Lutz.

A administração municipal informou que não há previsão de quando o laudo do Adolfo Lutz ficará pronto. A mulher permanecerá internada até que o Instituto envie confirmação ou negativa do vírus.

A doença teve uma epidemia mundial em 2009, quando era conhecida como gripe suína. O vírus evoluiu e, atualmente, é conhecido como Influenza A, ou gripe H1N1.

Mortes na cidade
Em 2013, Limeira registrou cinco mortes de pessoas que contraíram a gripe. O primeiro óbito foi de um homem de 52 anos, que morreu após seis dias de internação.

O segundo caso matou uma mulher de 69 anos que sofria de Mal de Alzheimer. A mulher era parente da primeira vítima. Ela foi vacinada, mas o fato de a paciente ter Alzheimer representou agravante.

O terceiro registro foi de um homem de 47 anos internado com quadro de febre, tosse, dor de garganta, falta de ar, dores musculares e desconforto respiratório, segundo a Prefeitura. A quarta vítima, em 2013, foi um idoso de 69 anos que tinha doença cardiovascular e diabetes.

Uma menina de 13 anos foi o quinto caso. Ela não havia sido vacinada por não pertencer aos grupos considerados de risco.

 

 

 
Fonte: Portal G1
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 


Copyright © 2003 - 2018 - Limeira Online - O Site da Cidade!!! - Todos os direitos reservados - All rights reserved

 

Desenvolvimento